Resenhas Rápidas

Megadrivers-CDr Demo

São Leopoldo e Novo Hamburgo, cidades de colonização alemã aqui da região metropolitana de Porto Alegre sempre tiveram tradição de bons serviços prestados para o underground local: quem não lembra dos fanzines que circulavam por São Léo (apelido carinhoso do local) nos áureos anos 90 como Ta e daí?, Vermes das Ruas, Domestic Dog, Madame Satã Ouvindo HC, e And Chimarrão for All, bem como da Vianna Moog liderada pelo talentosíssimo poeta Everton Cidade?

Mateus em um show da megadrivers

Pois é desta região que vem os Megadrivers que faz um som bem influenciado por Mudhoney,Green River e toda aquela patota da Sub Pop que mandava bala nos já citados anos 90, naquele movimento musical qual a mídia um dia cismou em chamar de grunge. Mas de saudosos o pessoal da Megadrivers não tem nada: fazem o agora acontecer sempre agitando a região com shows, e honrando a tradição zinística local, a baixista Polly edita um fanzine chamado “Aborta” recheado de textos bem legais.

megadrivers

Esta demo tem 4 musicas nas quais se destacam “21 de Abril” e “Soda Cáustica” sendo esta última uma candidata a hit local!

http://www.myspace.com/megadrivers

Fuzzfaces-Vooodoo Hits CD

Somente agora peguei este CD que reúne gravações feitas entre 2001 e 2003 desta banda da zona leste de São Paulo,  que foi uma das primeiras do Brasil a fazer garage pos 60’s na pagada das bandas obscuras de coletâneas como a Back From The Grave e Pebbles e também das bandas do garage revival 80’s como o Fuzzztones, Chesterfiels kings entre outras.As gravação são entre 2001/2003 e foi compilado pelo selo argentino Rastrillo Records.

Fuzzfaces

Logo na primeira música “Fita K7” eles já dão seu recado: guitarras carregadas de fuzz bateria simples em ritmo tribal, e vocais rasgados cantando temas sombrios e incomuns. simples assim. Mas muito eficiente. Destaque para a vinheta de “A Garota do Corcel Vermelho” de sua primeira demo, retirada do raríssimo filme Brasileiro dos anos 60 “Se Meu Dólar Falasse”.

O disco tem 18 musicas as quais quatro são regravações de artistas como Thee Mighty Caesars(umas das muitas bandas do genial Billy Childish), e Q65.

Vídeo de “hospício”

O Fuzzfaces que conta com Andreia Crispim, Wagner ‘Fuzz” Tal, Gregor Izidro e Sir Uly (que também toca nos Os Haxixins)  deu uma parada em 2007 e voltou as atividades ano passado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: